COMO FAÇO UMA TRANSIÇÃO DE CARREIRA?

Como faço uma transição de carreira?

Se você chegou até aqui e começou a ler esse texto, provavelmente não está satisfeito com os rumos da sua vida profissional. Isso pode acontecer por vários motivos; por questões financeiras, pela perspectiva do mercado na área em que atua, ou até mesmo por questões mais íntimas relacionadas a sua motivação e o seu propósito de vida.

Antes de ir adiante, eu gostaria de dizer que me importo verdadeiramente com você e por isso vou deixar uma recomendação. Independentemente da situação em que esteja na sua vida profissional, você não precisa necessariamente abandonar o seu trabalho atual para realizar sua transição de carreira. Não existe certo e não existe errado na decisão que será tomada, mas recomendo que a transição de carreira aconteça de forma regrada. Dessa forma será possível evitar qualquer imprevisto que possa comprometer sua renda atual. Recomendação dada, vamos em frente!

Existem vários conceitos e metodologias que vão te ajudar a fazer uma transição de carreira, mas não existe mágica, todas elas irão depender do seu comprometimento. Eu vou usar um conceito bem simples, que é baseado na metodologia do Coaching. Conceito dos três emes (3M’s). Primeiro M, encontre um Motivo pelo qual deseja fazer uma transição de carreira. Segundo M, estabeleça uma Meta. Qual cenário melhor representa o momento em que a sua transição de carreira é alcançada. Por fim o terceiro M, ponha-se em Movimento.

Primeiro M, Motivo.

Você já sabe por qual motivo gostaria de fazer uma transição de carreira? Um conselho, não subestime o poder escondido nas perguntas óbvias. Faça essa pergunta para você mesmo: Por que eu quero fazer uma transição de carreira? [Pense na resposta e responda em voz alta.] Agora que você achou uma resposta e a declarou para o universo, mais uma vez eu te convido a fazer uso de outra pergunta óbvia; pensando na resposta anterior, se pergunte novamente: Por que eu respondi isso?

O “por que” do “porque”, é uma técnica muito usada para achar a motivação raiz por trás das respostas e, eu espero que você tenha encontrado a sua motivação raiz, pois vamos trabalhar em cima dela. [Se mesmo depois desse exercício você ainda não se sentir seguro com a sua motivação, sugiro que você procure um profissional, um(a) Coach de Carreira para te ajudar a encontrar as respostas que procura, porque sem motivação não existe mudança.]

Segundo M, Meta.

Sabendo a sua motivação, ficará mais fácil estabelecer uma meta. Outra pergunta: Qual é a nova história que eu desejo para minha vida? [Pense na resposta que melhor representa o momento em que a sua transição de carreira esteja realizada e, novamente responda em voz alta, declarando para o universo.] Muito bem! Talvez seja algo simples o que fizemos até agora, mas nem sempre conseguimos dedicar um tempo exclusivo para pensar no que realmente queremos.

Sabendo a sua meta, estabeleça um prazo para atingi-la. Que dia, de qual mês e de que ano você irá bater a meta? [Seja o mais honesto possível com o prazo, mas também seja um pouco ousado. Metas pouco ousadas não geram estímulo.] Parabéns, agora você tem uma meta. Com a motivação certa e uma meta definida, já podemos dar início ao processo de movimento em direção a sua transição de carreira.

Terceiro M, Movimento.

O terceiro M é física pura. Toda ação gera uma reação. Não é possível construir uma nova história para sua vida se não houver movimento. O movimento representa as pequenas ações que te levam em direção a sua meta.

Monte uma lista, coloque nela todas as coisas que você precisa fazer para atingir sua meta e depois coloque em ordem, mas não uma ordem qualquer. Coloque a lista na seguinte ordem: em primeiro lugar ficarão as ações que você consegue fazer, todas que estão dentro das suas condições atuais e comece por elas. Dessa forma você já vai começar a dar pequenos passos e ao mesmo tempo vai gerar motivação. Quanto mais motivação melhor! Na medida em que for dando novos passos, aprenderá coisas novas e gerará recursos para conquistar as outras ações que exigem mais de você. Ação por ação, vá dando os passos em direção ao seu objeto e você irá realizar usa transição de carreira com sucesso.

Fazer o que precisa ser feito, esse é o segredo. Muitas vezes sabemos o que precisa ser feito, mesmo assim não fazemos. Por quê? Porque o novo, a mudança, tudo o que ainda não é um hábito gera desconforto para nosso cérebro aprender. As vezes o cansaço vai bater a porta, mas não desanime. Olhe tudo o que você já conquistou, o quanto você já andou e sempre que o cansaço bater a porta lembre da sua motivação. Por que você quer fazer uma transição de carreira? Por que você decidiu fazer isso? Em seguida, lembre-se da sua meta. Como vai ser quando você conquistar sua transição de carreira? Recomponha suas energias e volte para ação.

No fundo você já sabe o que eu vou te dizer agora, mas não subestime o poder do óbvio. Você nasceu para vencer.

Hugo Farias, Life Coach.

1
Olá! Em que posso ajudar?
Powered by